quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Review literária: Provocadora

Olá princesas,

Eu já tinha lido este livro da Madeline Hunter quando mo ofereceram o ano passado mas esta semana andava com vontade de ler alguma coisa mas não sabia bem o quê. Quando me pus à procura nas prateleiras este livro chamou-me à atenção e decidi relê-lo porque me lembrava de ter gostado bastante das história mas quis recordar os pormenores. Devo dizer-vos que não me arrependo nada da escolha.


Ficha técnica:
Título: Provocadora (série As Flores mais Raras Livro II)
Autor: Madeline Hunter 
Ano: 2013
Nº de páginas: 336
EditoraEdições Asa
Sinopse: Verity Thompson desapareceu no dia do seu casamento. O seu paradeiro manteve-se secreto durante dois anos. Um longo período em que o marido, o conde de Hawkeswell, viveu na penúria e na incerteza. 
Verity deixou para trás uma fortuna imensa mas inacessível, pois o seu óbito não foi declarado. Nem poderia sê-lo pois está bem viva. Ao ser obrigada a casar, Verity fugiu de Londres e refugiou-se incógnita, no campo. Sem qualquer interesse pelo título ou estatuto do marido, abdicou da sua fortuna em troca da liberdade. Mas o passado tem os seus próprios desígnios e a jovem vê-se agora obrigada a regressar à cidade e a um casamento sem amor. 
Por seu lado, o arrogante Hawkeswell está disposto a chegar a um acordo: se Verity lhe conceder três beijos por dia, ele não a obrigará a cumprir os deveres conjugais. Mas, claro, há beijos e beijos... e Verity vai perceber até que ponto se arruinou ao entregar-se às mãos hábeis de um mestre.

Este é o segundo livro de uma série de quatro chamada As Flores Mais Raras e confesso que quero imenso ler os outros três. A história é interessante e tanto o conde Hawkeswell como Verity são personagens densas. A Verity é uma protagonista inteligente, corajosa mas não é demasiado perfeitinha, tem os seus próprios dilemas e fantasmas e também adoro que ela se imponha ao marido e lhe mostre que ela foi educada com princípios diferentes dos dele e não vai ser a esposa submissa que acata o que ele diz naquele casamento. O conde de Hawkeswell é um homem impressionante mas que está mal de fortuna e é conhecido por ter muito mau génio. Na verdade, esse mesmo mau génio e os seus esforços para o controlar, por vezes com a ajuda do seu amigo Sebastian Summerhays, dão azo a algumas das cenas mais cómicas do romance.
As restantes personagens, nomeadamente as amigas de Verity também são bastante interessantes, daí que eu tenha ficado com curiosidade para ler os outros livros. 

Para quem gosta de romances com cenas sensuais mas que estejam integradas numa história interessante e não sejam o foco central da trama está super recomendado. É uma leitura leve para um dia em que estejam mais aborrecidas. 
Gostam deste tipo de livros?

See you next time, 


Mia

domingo, 25 de setembro de 2016

My Wishlist: Cosméticos e maquilhagem para o Outono/Inverno

Olá princesas,

Hoje trago-vos uma wishlist com os produtos de cosmética/maquilhagem em que mais quero apostar nos próximos meses. Com o frio eu sinto a necessidade de alterar um bocadinho os produtos que uso na minha rotina diária e se, no Verão, eu raramente uso maquilhagem no Outono/Inverno a coisa tende a mudar um bocadinho de figura.





1- Holika Holika Sweet Cotton Pore Cover BB Cream - Eu estou mesmo a precisar de um BB cream novo e este da marca coreana Holika Holika anda nas minhas wishlists há séculos.  Acho que é desta que me decido a comprá-lo. Ele tem dois tons mas eu acho que vou apostar no mais escuro (#2 Natural Beige) porque o último BB cream coreano que tive era um bocadinho claro demais para mim.

2- Etude House My Beauty Tool Lovely Ettie Hair Band- Basicamente é só uma daquelas toalhas/fita para segurar o cabelo para trás enquanto estou a fazer a minha rotina diária de cuidados de rosto. Eu costumo usar uma fita normal mas queria algo próprio e com mais qualidade então quando vi esta coisa amorosamente kawaii com orelhas de gato foi entrada directa na wishlist.

3- Holika Holika Pig-nose Clear Black Head 3 Step Kit- Há imenso tempo que tenho curiosidade de experimentar este produto, sempre vi óptimas reviews dele. Como o nome indica é um kit para remover os pontos negros do nariz em três passos. Segundo o que li o 3º passo é o mais importante mas se o comprar depois faço review a explicar tudo.

4- TonyMoly Pokémon Hand Cream #Eevee - Para começar a Eevee é o meu pokémon preferido portanto quando eu vi este hand cream foi amor à primeira vista. Como eu não tenho nenhum creme de mãos e no Inverno até costuma dar jeito ele está nesta lista (pelo menos é o que eu digo a mim mesma para ter uma desculpa para o comprar, não julguem, aposto que vocês também fazem destas coisas, certo?). Se quiserem saber mais sobre esta linha a Naipes tem um post muito completo no blog dela.

5- Oriflame Batom 5 em 1 Colour Stylish  Featherlight The One #Peach Pavlova - Eu queria comprar um batom há algum tempo. É uma coisa que, actualmente, não tenho. Tenho um ou dois lip balms e é isso. Mas há ocasiões em que eu queria um batom. Problema? Eu sou esquisita com batons. Mas depois de ler a review da Patrícia do blog Patsilvarte fiquei convencida que este era um em que valia a pena apostar.

6- TonyMoly Changing U Magic Foot Peeling Shoes - Estou mega curiosa para testar isto. Os meus pés estão um bocado desgraçados e este tratamento promete deixá-los mega suaves e cuidados. Só que como parte do processo envolve que a pele dos pés caia para poder surgir pele nova parece-me o género de coisa que convém fazer agora no Outono/Inverno quando não vou andar por aí de sandálias ou com sapatos que mostrem muito os pés...

7- Yves Rocher Desmaquilhante+Tónico Pure Calmille- Eu ando curiosa para experimentar alguns produtos da Yves Rocher e este é um deles. Por norma eu uso toalhitas desmaquilhantes mas como já ouvi dizer que essas são mais para emergências e que convém investir num desmaquilhante fiquei com este na mira.

8- TonyMoly Mini Peach Lip Balm- Uma amiga minha tem este lip balm e desde o dia em que ela mo mostrou que quero um para mim. Ele cheira super bem a pêssego, tem uma embalagem amorosa e deixa os lábios suaves e hidratados. O que é que se pode querer mais?

9- Set de pincéis (ebay)- Eu não tenho muitos pincéis de maquilhagem... Na verdade não tenho quase nenhuns. Este set está aqui porque eu quero resolver essa falha e achei-o no ebay com um preço muito em conta. Há várias cores mas para mim tem de vir em rosa e prateado. Já ouvi dizer bem destes pincéis portanto qualquer dia eles vêem cá para casa.

10- Etude House Wonder Pore Black Mask Sheet- Esta máscara limpa e fecha os poros e eu já li boas reviews sobre ela e sobre o resto desta linha da Etude House então tenho alguma curiosidade em experimentá-la.

11- Yves Rocher Esfoliante "Guloso" Alperce- Eu adoro o meu esfoliante actual mas acho que, em breve, vou ter de comprar um novo e desde que li algumas bloggers a falar sobre este que ando com vontade de o experimentar. Não sei porquê eu tenho tendência a associar aromas mais frutados como pêssego, maçã, etc... ao Outono então este parece-me de acordo com essa tendência minha.

12- Yves Rocher Máscara Efeito Gelo Mirtilo - Eu fui lendo montes de reviews desta máscara ao longo do Verão e a cada review aumentava a minha vontade de ter uma para mim. Como, pelo menos por agora, o Outono anda quente e sem vontade de esfriar acho que vou mesmo acabar por comprar uma.

Pronto, esta é a minha wishlist para os próximos meses. Não sei se vou comprar tudo mas depois vou-vos actualizando e fazendo reviews do que achar pertinente. Há alguma coisa desta lista que já tenham testado? Ficaram curiosos com algum produto? Digam-me tudo nos comentários.

See you next time.

Mia

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Tested by Mia: Review PS...Softening&Brightening Creamy Mask Strawberry

Olá princesas,

Hoje venho falar-vos de uma máscara facial que eu decidi testar esta semana. A máscara foi um dos presentes de anos que a minha melhor amiga me ofereceu e, apesar de eu nunca usar máscaras, decidi experimentá-la.

PS... Face Treats Softening &Brightening Creamy Mask Strawberry 
Portanto a máscara é da PS..., a marca de cosméticos da Primark, da gama PS... Face Treats e chama-se Softening&Brightening Creamy Mask Strawberry. Na descrição do produto diz que esta máscara contém morangos verdadeiros e que ajuda a refinar e iluminar a pele controlando o excesso de oleosidade. Como controlar o excesso de oleosidade é uma das coisas em que mais invisto em termos de cuidados faciais esta máscara pareceu-me uma óptima ideia.

O produto tem uma textura cremosa e cheira a iogurte de morango. Sabem aqueles iogurtes de morango com pedaços? Faz-me lembrar isso... É um bocadinho doce mas agradável.

Parece iogurte de morango mas é a máscara xD

Aplica-se o produto na cara, espera-se 15/20 minutos e depois lavamos. Ao contrário de outras máscaras esta não fica propriamente dura, fica mais pegajosa e precisei de uns minutos a lavar a cara para ter a certeza que tirei o produto todo.  A pele fica realmente suave e luminosa mas não é aquele brilho de oleosidade. Eu não usei a embalagem toda portanto guardei o resto para aplicar outra vez daqui a uns dias.

Apesar de a máscara funcionar não acho que o controlo de oleosidade seja assim por aí além e como há outras máscaras que gostava de experimentar acho que não a vou comprar outra vez em breve. No entanto, gostei da máscara e testava outras da Primark sem dúvida.

Espero que tenham gostado desta review. Tenciono fazer mais posts deste género quando testar coisas novas. ^^

See you next time,

Mia

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Top 5: Os meus animes favoritos ao longo do tempo

Olá princesas,

Eu ainda não tinha falado nisso aqui no blog mas eu gosto imenso de ver anime (quase vejo mais anime do que séries devo admitir). Então a ideia deste post surgiu para vos falar mais dessa paixão minha. Como estava a ser difícil elaborar um top 5 actual decidi elaborar um top 5 ao longo do tempo.

1- O favorito de sempre: Sword Art Online

Sword Art Online (SAO)
Sinopse: No ano de 2022, o jogo de Realidade Virtual Massive Multiplayer RPG Online (VRMMORPG), Sword Art Online (SAO), é lançado. Com o equipamento Nerve Gear, um capacete de realidade virtual que estimula os cinco sentidos do usuário através de seu cérebro, os jogadores podem experimentar e controlar seus personagens no jogo com suas mentes. O protagonista Kirigaya Kazuto (Kirito) e os outros jogadores depressa descobrem a ausência de um botão de log out e que o criador do jogo os mantêm cativos a menos que cheguem ao nível 100 do jogo e derrotem o último boss. No entanto, se morrerem no jogo também morrem na vida real. É aí que começa a sua luta pela sobrevivência. 

É o meu anime favorito. Sim, a segunda temporada não é tão boa como a primeira. Mas eu acho ambas maravilhosas. Adoro toda a premissa do anime sobre a possibilidade de ficarmos presos num mundo virtual e de quão profundamente ele consegue abordar certos aspectos da natureza humana às vezes. Adoro a relação do Kirito e da Asuna, adoro a Yui que é a coisinha mais querida que alguém se lembrou de criar. É o meu favorito porque é um dos animes que mais emoções me fez sentir, tem episódios em que eu rio, choro, tem personagens com as quais eu me identifico e tem situações que me fazem ficar a pensar e reflectir muito depois do episódio ter acabado. Eu adoro isso num anime, algo que me faça pensar.

2- O favorito dos últimos tempos: Clannad

Clannad
Sinopse: Okazaki Tomoya é um aluno do terceiro ano numa escola secundária japonesa que não leva os estudos a sério. Ele é visto como um delinquente pelos seus colegas que estão ocupados a estudar para os exames de entrada para a faculdade e tem poucos amigos. Um dia ele conhece uma rapariga, Furukawa Nagisa, que teve de repetir o ano porque esteve doente durante o ano lectivo anterior. Ela também não tem amigos porque todos os seus colegas de classe se graduaram. Eles começam a falar e ela conta-lhe que o seu sonho era entrar no grupo de teatro da escola mas que ela não pôde e que agora visto que os seus membros eram alunos mais velhos deixou de existir. Tomoya encoraja-a a reactivar o clube de teatro e dispõe-se a ajudá-la. Aos poucos, juntam-se outros membros ao clube e a amizade entre Tomoya e Nagisa vai-se desenvolvendo.

Este foi um dos animes que vi mais recentemente, acabei-o em Junho deste ano, mas foi um dos que mais me tocou. Fiquei completamente apanhada pela história e acho-o um anime muito doce e bonito. É daqueles que faz chorar (imenso mesmo, especialmente a segunda temporada, Clannad After Story) mas adorei ver o crescimento de ambas as personagens principais (principalmente da Nagisa) e adoro só ficar a perceber completamente a história toda nos últimos episódios. É um daqueles animes "para rapariga" que consegue ser muito mais do que só isso e isso para mim fê-lo ganhar imensos imensos pontos. Foi entrada imediata na lista dos favoritos.

3- O que me deixa mais ansiosa por uma segunda temporada: Mahouka Koukou no Rettousei

Mahouka Koukou no Rettousei
Sinopse: No início do século XXI a magia, durante muito tempo algo que pertencia ao folclore e aos contos de fadas, tornou-se uma tecnologia e é ensinada como uma habilidade técnica. Na First High School, uma instituição para mágicos, os alunos são separados em dois grupos conforme as suas classificações nos exames de acesso: "Blooms", aqueles que tiveram notas altas, são inscritos no "First Course", enquanto os "Weeds" os estudantes que não tiveram notas tão boas são inscritos no "Second Course". 
O anime segue os irmão Tatsuya e Miyuki Shiba que estão inscritos na First High School. Depois do exame, a prodigiosa Miyuki é colocada no First Course enquanto Tatsuya é relegado para o Second Course. Apesar das suas habilidades nos testes práticos o terem relegado para o estatuto de Weed mostrando que ele é magicamente inepto ele possui um extraordinário conhecimento tecnológico, habilidades de combate e técnicas mágicas únicas, ou seja muito mais apto do que a avaliação standartizada do teste leva a crer, tornando-o numa excepção na escola. 

Pela sinopse este poderia ser só mais um anime sobre uma escola de adolescentes com poderes mágicos mas ele é muito mais do que isso. Neste universo alternativo a magia enquanto tecnologia é algo cobiçado que dá poder aos governos. É algo usado no exército e a força de uma nação também é medida pelos seus mágicos. Isto traz todo um outro nível de densidade ao anime e torna a acção muito mais emocionante. Eu adoro-o por ter uma óptima história e ser super completo, tem cenas fofinhas, cenas cómicas, tem cenas de acção e de combate, tem mistério.  Tem tudo inclusive um final que nos deixa a implorar por uma segunda temporada (provavelmente a que estou mais ansiosa para ver mas "Attack on Titan" anda perto) , que ainda não foi confirmada, mas vêm aí filme. Yes! Personagem favorita.... Tatsuya, Tatsuya, Tatsuya.

4- O favorito da adolescência: Vampire Knight

Vampire Knight
Sinopse: A história passa-se no Colégio Cross, um internato de prestígio que divide os alunos em dois grupos: A Day Class, cujos alunos são humanos e todos usam uniformes escuros, e a Night Class, constituída apenas por vampiros e todos usam uniformes claros. O objectivo do colégio é promover a convivência pacífica entre ambas as espécies. Então a principal regra para a Classe da Noite é que é proibido beber sangue humano dentro dos limites do colégio, em substituição, eles devem tomar pastilhas de sangue. Porém a maior parte da sociedade humana (incluindo a Day Class) não sabe e não pode saber da existência de vampiros, então para guardar esse segredo e fiscalizar se a Night Class está a seguir as regras, foram criados cargos de Monitores que na realidade actuam como os Guardiões do Colégio. Por serem os únicos na Day Class que sabem sobre os Vampiros, Yuuki  Cross e Zero Kiryuu ocuparam tais cargos.
Yuuki não possui memória alguma antes dos seus 5 anos de idade, a sua lembrança mais antiga é a de há 10 anos atrás, quando foi salva por Kaname Kuran de um Vampiro de Nível E (Vampiro Ex-humano que perdeu a sua consciência e é dominado pelos instintos), que a atacara durante uma noite em que nevava muito. Kaname levou-a para casa de um velho amigo dos seus pais, Kaien Cross, onde foi adotada. Yuuki acredita, assim como o seu pai, que a maioria dos Vampiros são bons e que podem conviver amigavelmente com os humanos, ao contrário do seu parceiro, Zero, que odeia Vampiros e duvida da concretização desse sonho pacifista. Isso porque a sua família foi assassinada por uma vampira, sendo ele o único sobrevivente.

Este era o meu anime preferido quando comecei a ver anime no PC. Ou seja, na época em que tomei consciência do que era anime e de que havia mais variedade do que aqueles que eu apanhava ocasionalmente na SIC Radical. Devia ter uns 15/16 anos. Foi na altura em que os vampiros eram fixes. E estes são vampiros que bebem sangue, são extraordinariamente bonitos e sexy (eu nesta altura babava mais por estes vampiros do que por qualquer actor de televisão), há todo o triângulo amoroso Kaname-Yuuki-Zero, a história tem alguma complexidade, a banda sonora é linda. Enfim é aquele anime que o meu "eu" adolescente devorou, adorou e reviu daí a menção nesta lista.


5- O que começou tudo: Kaleido Star

Kaleido Star
Sinopse: Conta a história de Sora Naegino, uma jovem garota japonesa que sai do Japão para ir para os Estados Unidos em busca de um sonho, trabalhar no Kaleido Stage, o maior circo do mundo, que fica na cidade fictícia de Cape Mary, na Califórnia. Com a ajuda de seus amigos ela tenta realizar esse sonho, nomeadamente realizando várias técnicas no trapézio. Mais tarde, na segunda temporada, o sonho da Sora muda um pouco e passa a ser actuar num palco onde não haja competições ou brigas e em que todos se divirtam. 

É o anime que eu vi sem saber que era anime mas que me fez querer ver animes, mais tarde. Eu sei, não faz muito sentido. Mas ao 12/13 anos eu já achava que estava demasiado crescida para desenhos animados (já viram a parvoíce?) mas este deixava-me colada ao canal Panda. Adorava a história, adorava os trapézios e as acrobacias, adorava a Sora. Fazia trinta por uma linha para arranjar maneira de ver os episódios sem que as minhas irmãs percebessem e chorei quando acabou. Quando revi o anime uns anos depois numa altura em que já via anime em japonês com legendas em inglês (que é como prefiro) fui incapaz de não rever este na versão dobrada em português do Brasil. Como foi um anime tão importante para mim parecia que com as vozes em japonês ficava estranho. Era como ver o Doraemon sem ser em espanhol. Algo não bate certo. Enfim, é uma história bonita e fofinha e, normalmente, bastante leve então vê-se bem.

E vocês vêem anime? Quais são os vossos preferidos?

See you next time,

Mia


quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Review literária: Alice do Outro Lado do Espelho


Olá princesas,

A review literária de hoje é sobre um livro que eu queria ler há alguns anos mas que só acabei por comprar no início do mês, Alice do Outro Lado do Espelho de Lewis Carroll. Na verdade comprei-o como prenda de anos para uma amiga mas achei-o tão em conta que acabei por comprar um exemplar para mim também. É uma edição muito bonita das Publicações Europa-América com as ilustrações originais de John Tenniel e isso também me atraiu.

Alice do Outro Lado do Espelho

Ficha técnica:
Título: Alice do Outro Lado do Espelho
Autor: Lewis Carroll
Ano: 1872 (edição 2009)
Nº de páginas: 154 
EditoraPublicações Europa-América
Sinopse: Alice do Outro Lado do Espelho (1872) narra o regresso da jovem ao país encantado da sua primeira aventura, onde desta vez encontrará personagens como Humpty Dumpty, Tweedledee e Tweedledum. Num quente mês de Março, Alice brinca com as suas gatas quando se pergunta como será o mundo do outro lado do espelho. 
Para sua grande surpresa, descobre que tem o poder de atravessar um espelho e encontra um livro misterioso que só pode ser lido pelo seu reflexo. Quando atravessa o jardim das flores vivas, Alice encontra a Rainha Preta e depara-se com um grandioso jogo de xadrez em que ela terá de participar.

As ilustrações originais de Tenniel que me deram tanta vontade de ter esta edição

Quanto à história em si, eu gostei mais de Alice no País das Maravilhas que já li há uns anos. Em parte isso deve-se ao facto de este livro ter muitas rimas, poemas e trocadilhos que são muito mais engraçados e fazem muito mais sentido em inglês. Obviamente que, com as notas do tradutor, esses mesmos trocadilhos são-nos explicados mas isso retira alguma da piada ao texto e há minha experiência como leitora. Eu não sabia disto senão teria esperado para ler o livro em inglês. Tirando isso, gostei muito de conhecer mais personagens como Tweedleedee e Tweedledum e Humpty Dumpty que sempre associei ao universo da Alice mas que não conhecia assim tão bem. Não me arrependo da compra principalmente por ter ficado a conhecer a história que era algo que eu já queria há algum tempo e porque esta edição com as ilustrações originais está muito bonita (sim, para mim isso conta).
Já leram este livro? Qual é a vossa opinião?

See you soon,


Mia


sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Look do dia: Passeio no Jardim de Água

Olá princesas,

No início desta semana fui passear com uma das minhas melhores amigas ao Parque das Nações. É um sítio onde costumamos encontrarmos porque dá jeito às duas em termos de acessibilidade. Estava um calor insuportável mas também não queríamos ficar enfiadas no Vasco da Gama então acabámos por ir até ao Jardim de Água pôr a conversa em dia.

Eu já vos tinha dito no post anterior que queria fotografar este macacão vestido então pedi à minha amiga para fazer de fotógrafa e ganhei coragem para ser modelo por um bocadinho.

O look e o detalhe das costas do macacão.

Eu adoro usar este macacão porque é super fresquinho e confortável e com o calor que esteve (os termómetros andavam nos 38º) isso foi um factor determinante. Adoro o detalhe das costas serem só de renda. Ele é todo de renda na parte superior mas a parte da frente tem um forro branco. Os calções são feitos de uma espécie de cetim muito leve e macio.

I'm only a good model when I'm not modeling...

Adoro usar ténis brancos no Verão e estes da Primark são os meus favoritos. São confortáveis, não me deixam os pés quentes e têm um preço óptimo. Sim porque nunca me duram um Verão inteiro mesmo que sejam de marcas mais caras (já cometi esse erro) portanto mais vale apostar num par mais em conta. Estes ainda têm pouco uso... aliás, nota-se pela cor :p

O penteado e os acessórios 

Para completar o outfit escolhi um colar da Primark que comprei recentemente com um pendente de um dreamcatcher e algumas pulseiras também da Primark que vos mostrei aqui. Eu prefiro acessórios simples e discretos e achei que a pena da pulseira azul e o dreamcatcher ajudavam ao ar descontraído e veranil que queria dar ao look. O meu cabelo está enorme e, em dias de muito calor, este tem sido um dos meus penteados de eleição. É que esta trança bandolete faz-se usando os cabelos de baixo, aqueles da zona da nuca, que ficam colados ao pescoço e nos fazem mais calor. Ou seja, ao fazê-lo continuo a conseguir um look de cabelo solto mas sem sentir todo o calor e o peso que o meu cabelo costuma ter. Maravilhoso, certo? Caso queiram aprender deixo-vos  aqui o link. 

Por fim, a tradicional foto ao pé da cascata.
Macacão-YesStyle
Ténis-Primark
Colar e pulseiras- Primark
Mochila- Stradivarius
Eu ando quase sempre com esta mochila da Stradivarius atrás desde que a comprei na altura da Páscoa. Além de ter um design simples e um tom de castanho que dá com tudo, tem o tamanho perfeito para mim. Esta mochila tanto me serve para levar tudo o que preciso para um fim-de-semana fora como para pôr as coisas do dia-a-dia e andar a passear pela cidade. Adoro essa versatilidade. 

Pronto, este foi o meu primeiro look do dia aqui no blog. Tenho de deixar um agradecimento especial à minha amiga Soraia que foi uma querida e teve muita paciência para a minha falta de jeito a parecer natural em frente a uma câmara. 

See you next time, 

Mia




segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Princesa às compras: Compras online de Verão

Olá princesas

O post de hoje é sobre as compras online que fiz durante o Verão. Não é muita coisa porque não estou habituada a comprar online e tive um problema com a alfândega numa das encomendas. Espero que gostem. ^^

A primeira compra foi da loja Miss Vintage  que pertence à Catarina do blog  The Vintage Rosé. Escolhi um gancho adorável com uma rosa que é mesmo o meu estilo. A Catarina foi muito simpática e prestável durante todo o processo e teve uma paciência enorme para as minhas dúvidas de principiante nestas andanças. Recomendo imenso.


O gancho Miss Vintage
O embrulho fofinho. Achei um detalhe tão querido que tive de tirar foto.

As outras compras que vou mostrar neste post vieram da loja online YesStyle. Na verdade não tenho nada a reclamar sobre o envio da loja em si (as peças chegaram a Portugal dentro das datas previstas). A alfândega é que achou por bem retê-las por mais de um mês e meio sem grande justificação (visto que eu enviei os documentos que eles me pediram dois dias úteis depois de ter recebido o aviso deles) e ainda me cobraram imenso de taxas alfandegárias e afins. Eu já reclamei apesar de saber que é improvável que alguém dê seguimento ao processo, acho que nestas ocasiões mais vale isso do que queixarmo-nos e não fazer nada.

Depois deste desabafo vamos lá ver o que eu comprei. 
A primeira peça foi um fato de banho de renda branca lindo. Estava um pouco receosa com o tamanho, ele é um S (é o tamanho que eu costumo usar mas tinha ouvido que os tamanhos asiáticos são mais pequenos) e serviu-me bem. Infelizmente ainda não o pude estrear porque ele chegou quando eu já estava de férias no Algarve. Talvez ainda consiga usá-lo este ano se for à praia agora em Setembro mas o mais provável é ficar guardado até ao próximo ano. Ele foi bastante baratinho  (cerca de 8€) e acho que tem uma qualidade bastante boa para o preço. O único problema foi que um dos botões caiu e outro vem meio solto mas, de resto, nada a apontar. 

Fato de banho de renda branca
Também encomendei um igual de renda preta mas esse pertence a uma amiga minha portanto não o fotografei. O dela é tamanho L portanto, quando ela o experimentar, eu acrescento aqui a opinião dela sobre o tamanho (porque em sites asiáticos comprar tamanhos maiores tende a ser um pouco mais arriscado). 

A segunda peça que comprei foi um macacão curto. Estava um pouco receosa porque tinha lido reviews bastante díspares em relação a esta peça mas decidi arriscar. Na altura em que o comprei não tinha nenhum macacão (agora tenho outro que comprei entretanto) mas este é super leve e confortável (quase parece que estou de pijama). Na foto não dá para perceber mas os calções são de uma espécie de cetim e eu adoro-os. Ele é muito mais giro vestido portanto talvez eu ganhe coragem de o fotografar em mim para vos mostrar.

O macacão curto 
A última peça foi uma pulseira prateada com cristais. 
É simples e bonita mas estou um bocadinho arrependida da compra porque acho que não a vou usar muito.

A pulseira
Pronto, aqui ficam as minhas compras online de Verão. Ando muito tentada pelo ebay ultimamente portanto pode ser que daqui a uns meses tenham outro post de compras online. O que acharam das minhas comprinhas? Também costumam ter problemas com a alfândega quando encomendam online?

See you next time, 

Mia